Direito Direto.png

Salão estraga o cabelo de uma modelo

Um salão acaba com o cabelo de uma modelo. Justiça manda indenizar por danos morais. Confira no Direito Direto.

Salão prejudicou o trabalho de uma modelo ao estragar o seu cabelo

O Salão Requinte Cabeleireiros está sendo condenado a pagar R$ 5.000,00 para a modelo Daianne Santos. Um dos clientes de Daianne pediu que fizesse luzes no cabelo, para uma campanha publicitária. A modelo procurou o salão, sendo que as luzes não foram feitas da maneira adequada.

Com a aplicação do produto seu cabelo deteriorou-se, como se tivesse apodrecido. Com isto, a jovem que participava do concurso "Gata do São Bento", e estava em primeiro lugar na votação pela internet acabou perdendo na final.

A modelo procurou o salão para uma composição amigável, mas a empresa não quis saber. A solução foi procurar Dias Batista Advogados. O advogado Claudio Dias Batista explica que em casos como este é importante ter as fotos do antes e do depois, de preferência na data em que os fatos ocorreram.


Na audiência de conciliação a empresa não quis fazer acordo, apesar da insistência da conciliadora. O processo foi a julgamento e o juiz Dr Mario Mendes de Moura Junior determinou o pagamento de R$ 5.000,00 pelos danos causados ao cabelo da jovem modelo.

A modelo comemorou o resultado, mas ao mesmo tempo explica que dinheiro nenhum paga o estrago feito. "Quando isto aconteceu foi muito triste. Chorei durante vários dias. Não conseguia trabalhar direito", finaliza. O advogado da consumidora explica diz que o processo recebeu o número 1009435-62.2016.8.26.0602 e que desta decisão ainda cabe recurso.

Thumb fora de estoque.jpg
play-direito-direto
Thumb Usucapiao.jpg
play-direito-direto
Thumb serasa.jpg
play-direito-direto
Direito Direto.png